Um roteiro de palhaçaria para adultos

Quem disse que palhaço é coisa só de criança? A tradicionalíssima arte da palhaçaria ganha destaque em suas diversas vertentes durante o CIRCOS. Mergulhe nesse universo com nosso roteiro para adultos:

Dia 14, sexta-feira:

Para dar início ao final de semana com programação de circo para adultos, dê um pulo no Sesc Bom Retiro para assistir, às 21h, o espetáculo Ordinários, da companhia La Mínima. Três soldados improváveis são convocados para uma importante missão: invadir um território inimigo para resgatar seu superior. Um deles é metido a valente. Outro é um comilão atrapalhado e o terceiro, um falsificador que quer desertar antes mesmo de a batalha começar. Está na cara que levam mais jeito para a palhaçaria do que para a guerra.

Dia 18, terça-feira:

O Auditório do Sesc Pinheiros sedia, às 20h30, a estreia de Leões, vodka e um sapato 23, da Cia de 2. O espetáculo, proibido para menores, faz uma releitura ficcional da tragédia ocorrida no Circo Vostok, em Pernambuco, em abril de 2000. Naquele domingo, um garoto do público foi atacado e devorado por Bongo, um dos cinco leões mantidos pelo circo. Os artistas buscaram criar um paralelo com as tragédias esquecidas do nosso país.

Dia 19, quarta-feira:

Continuando a semana, agora no Sesc Ipiranga, Das cinzas coração, vindo de Porto Alegre, simula um filme mudo dos anos 1920, a partir de figurinos, maquiagem e efeitos de iluminação. Cria, assim, a ilusão de que o público está vendo um filme mudo ao vivo no palco. Com humor crítico, narra um dia na vida de uma dona de casa oprimida pelo marido. Situações domésticas viram esquetes em que Aurora, a personagem feminina, é sempre a protagonista.

Dia 22, sábado:

O último trabalho de palhaçaria para adultos do nosso roteiro pode ser conferido no penúltimo dia do festival. No Sesc Ipiranga, o espetáculo Sobre tomates, tamancos e tesouras conta a história de Mafalda Mafalda, uma artista de cabaré que enfrenta o fracasso e a rejeição de seu público, com direito a vaias e tomates. Como se não bastasse, acaba envolvida em uma trama policial. Para se defender das acusações do inspetor de polícia, decide contar à plateia sua versão dos fatos. Uma história repleta de humor macabro.

Compartilhe

Programação Dia a dia